Twitter

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

AGENDA 22 - TPV

Foi assim que iniciou nosso dia 22 de novembro na EEEP Júlio França...

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Encerramento e premiação do evento I Jogos Internos Júlio França


O evento I Jogos Internos Júlio França que teve sua abertura no dia 16 de novembro contou com a participação de 103 atletas distribuídos nas modalidades coletivas: Futsal e Handebol e nas modalidades individuais: Xadrez e Tênis de Mesa. Ainda, em todos os dias de competição tivemos a participação de um grupo de alunos do 3º Ano Enfermagem com auxílio de primeiros Socorros.
Foi um evento de grande mobilização escolar e que teve seu encerramento com o desfile Beleza Negra em comemoração ao dia da Consciência Negra, seguido da cerimônia de premiação no dia 19 de novembro de 2011 depois da fase Final do I jogos Internos Júlio França que iniciou às 13:00 horas.
Nas modalidades coletivas, tivemos quatro equipes finalistas e campeãs dos jogos:
Handebol Masculino: Equipe Overman
Handebol Feminino: Equipe JF Girls
Futsal Feminino: Equipe D’Rochedo
Futsal Masculino: Equipe 3 “A” Informática
Ainda, contamos com um jogo de participação entre os Professores e as duas equipes menos classificadas da competição: Informática e Fruticultura.
Nas modalidades individuais tivemos como finalistas:
Xadrez Feminino – Bianca Costa do 1º Enfermagem (2º lugar) e Terezinha do 1º Fruticultura (1º lugar)
Xadrez Masculino – Edson Moura do 3º “B” Informática (2º lugar) e Mateus do 3º “A” Informática (1º Lugar)
Tênis de Mesa – Elnatan do 1º Enfermagem (2º lugar) e Ícaro Carvalho do 3º “A” Informática (1º Lugar)
A professora de Educação Física, Sâmia Régia Vasconcelos, em nome das equipes campeãs parabeniza todos que fizeram acontecer com sucesso o I Jogos Internos Júlio França.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

ABERTURA DO I JOGOS INTERNOS DA EEEP JÚLIO FRANÇA


No dia 16 de novembro de 2011 aconteceu na EEEP Júlio França, às 17h, a abertura do I Jogos Internos da referida instituição de ensino, coordenada pela professora de Educação Física Sâmia Vasconcelos com o apoio do núcleo gestor e demais professores.
O evento teve início com uma apresentação musical coordenada pelo professor de Artes André Silveira, depois houve a apresentação das delegações, seguido do juramento dos atletas, representado pela aluna Ianka Rocha do 1º Ano Informática, e dos árbitros, representado pelo árbitro Elislande. Logo após houve o hasteamento das bandeiras do Brasil, da Escola e dos Jogos, dando-se assim por aberta a competição que se encerrará no dia 19 de novembro de 2011.

11 de Novembro - Dia do Diretor

No dia do Diretor os alunos da EEEP Júlio França não deixaram passar em branco. Cada turma fez uma homenagem para a diretora da referida instituição, Girliane Teixeira, durante todo o dia, através de mensagens, paródias, imagens, vídeos, lembranças e outros. Foi um dia de grandes emoções para Girliane Teixeira.
Parabéns, diretora, pelo seu brilhante trabalho frente a esta instituição de ensino!

video
Homenagem feita pelos alunos do 1º Ano Enfermagem.

Escola Júlio França, de Bela Cruz, é semifinalista no Prêmio Gestão e diretora participa de intercâmbio, em Pernambuco.

A Escola Estadual de Educação Profissional Júlio França de Bela Cruz-CE participou da cerimônia de entrega do Prêmio Gestão ano-base 2010 que aconteceu, em Refice-PE.
O Prêmio Gestão Escolar busca experiências bem sucedidas em gestão escolar de escolas públicas. Nos últimos doze anos tem revelado experiências que inovam e provocam transformações significativas no cotidiano de milhares de pessoas em todo o país. Para a presidente do Consed e secretária de Educação do Mato Grosso do Sul, Maria Nilene Badeca da Costa, "o Prêmio Gestão Escolar atualmente credencia-se como um diferencial em Educação, valorizando a gestão como um todo, com a efetiva participação da comunidade escolar."
No Ceará, 125 escolas públicas se inscreveram no Prêmio. Deste total, 93 unidades públicas confirmaram sua inscrição encaminhando seu dossiê para avaliação. Além da Escola Júlio França, outras cinco unidades de ensino foram classificadas na etapa estadual do Prêmio Gestão Escolar ciclo 2010 – 2011: Escola de Ensino Fundamental Judite Chaves Saraiva (rede municipal de Limoeiro do Norte); Escola Estadual de Educação Profissional Amélia Figueiredo de Lavor; Escola de Ensino Médio Maria Dolores Petrola, e Escola de Ensino Médio Maria Amélia Perdigão Sampaio. Sendo a Escola de Ensino Médio Maria Dolores Petrola, escolhida destaque estadual.
Através da Área da Gestão Escolar, a Secretaria de Educação do Ceará – SEDUC, possibilitou, no período de 06 a 09 de novembro, uma viagem de Intercâmbio, em Pernambuco, com os gestores semifinalistas do Prêmio Gestão Escolar.
Na ocasião os gestores tiveram a oportunidade de conhecer experiências bem-sucedidas em gestão escolar e participaram da votação e cerimônia de premiação.
A Secretaria de Educação do Ceará – SEDUC – estava sendo representada no evento pelas professoras Graças Menezes e Luzia Araújo.
A programação do intercâmbio foi bem intensa e os gestores tiveram a oportunidade de conhecer escolas que são Centros de Referencias em Pernambuco. Também participaram da IV Reunião Ordinária do Consed e assistiram a psicóloga e psicanalista Viviane Mosé proferir uma palestra sobre liderança educacional e políticas públicas.
A equipe do Ceará, ainda, realizou um city tour pelos pontos turísticos de Recife e Olinda e visitaram o Ginásio Pernambucano, este sendo palco da filosofia de gestão da Escola Júlio França – TESE.

Responsável pelas informações: 
Edvalda Maria Silva Rios – Coordenadora Pedagógica da EEEP Júlio França.
E-mail: edvaldamsr@yahoo.com.br

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

I Jogos Internos Júlio França


A Escola Estadual de Educação Profissional Júlio França, com a finalidade de promover uma ampla mobilização do segmento escolar, realizará o evento “I Jogos Internos JF” com o objetivo de desenvolver o intercâmbio social e esportivo entre os alunos das diferentes séries; procurando estreitar os laços de amizade, companheirismo e, principalmente, o incentivo à prática esportiva como forma de inclusão social e como técnica complementar de saúde preventiva.
Antecedendo o evento foi realizado o concurso do Logotipo Oficial do I Jogos Internos Júlio França, no qual tivemos a participação de cinco trabalhos de alunos da Escola. Em votação no Thinkquest obtivemos os três melhores resultados, que encaminhados e analisados pela Comissão avaliadora, fez jus de 1º lugar o trabalho do aluno Joanderson do 3º B Informática.
Os atletas que participarão do evento serão sujeitos a uma avaliação a ser realizada no dia 11 de novembro de 2011 na referida instituição de ensino por uma equipe de alunos do Curso de Enfermagem, coordenados pela professora de Enfermagem, Arilene Moreira L. de Alexandria.

Programação
·         Local do Evento: EEEP Júlio França
·         Dias: 16 a 19 de novembro, distribuídos da seguinte forma:
- Abertura: 16 de novembro às 17 horas.
-  Horário dos Jogos: 16 a 18 de novembro às 18:00 horas.
      - Finais e Encerramento dos Jogos: 19 de novembro às 13:00 horas.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

VOTAÇÃO LOGOTIPO OFICIAL I JOGOS INTERNOS JF

Na votação realizada pelos alunos e funcionários da EEEP Júlio França no Thinkquest dos cinco trabalhos apresentados no Concurso Logotipo Oficial I Jogos internos Júlio França obtivemos os três melhores trabalhos na seguinte ordem:
1º LUGAR - ALUNO JOANDERSON - 3º B INFORMÁTICA
2º LUGAR - ALUNO GIOCLÊNIO - 3ºA INFORMÁTICA
3º LUGAR - ALUNA LARA - 1º ENFERMAGEM

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Dia da Hispanidad

No dia 04 de novembro de 2011 às 14h00min horas na quadra poli esportiva da Escola Estadual de Educação Profissional Júlio França realizou-se o 2º ( segundo) ano consecutivo do“Dia da Espanidade”, celebrando a integração cultural dos países de língua espanhola. Na ocasião foram apresentadas atividades artísticas através de música, poesia e dança, expressando a cultura de países como Argentina, Espanha, República Dominicana e outros.
O evento contou com a presença de alguns alunos da Escola Estadual de Educação Profissional Marta Maria Giffoni de Sousa da cidade de Acaraú, acompanhados da Coordenadora do LIE da referida instituição, Cáritas Nogueira; alguns alunos do Instituto Imaculada Conceição de Bela Cruz, e alunos da Escola São Manuel da cidade de Marco.
Segundo o professor da disciplina de Espanhol Robson Araújo (organizador do evento), “celebrar a herança hispânica na escola é ter a certeza de ensinar aos alunos não só a gramática, mas também todas as culturas destes países”.

"Ronda do Quarteirão" realiza palestra sobre cidadania na Escola Júlio França

Realizou-se nos dias 24, 27, 31 de Outubro e 03 de Novembro de 2011 na EEEP Júlio França uma palestra com o Policial Jônatas Fonseca Vasconcelos do Programa Ronda do Quarteirão, onde foi trabalhado com os alunos o tema Cidadania: Ética e Moral, apresentando também o carro de patrulha e alguns equipamentos utilizados pelos policiais do Ronda em serviço.

Posteriormente nas aulas de Formação cidadã as palestras continuarão com os seguintes temas : Segurança no Trânsito, Drogas e A nova Lei do Estupro.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

MATEMÁTICA INTERATIVA


A professora de Matemática Leiliane Tomaz, da EEEP Júlio França, desenvolveu uma atividade utilizando o ambiente Thinkquest e o software RIVED, com o auxílio da coordenadora do LIE I, Janaélya Onorato, para expor uma aula sobre Geometria Espacial, a qual teve como objetivo mostrar alguns sólidos geométricos, seus componentes (arestas, vértices e faces), planificações, classificação e nomenclatura; e demonstrar a importância da Geometria Espacial na vida de todos.
Ao término do trabalho foram satisfórios os resultados obtidos, pois os educandos se mostraram dispostos a realizarem as tarefas. E após a experiência da execução da atividade concluiu-se que essa pode ser aplicada a outras disciplinas ou a outros conteúdos. No entanto, seria necessário que o professor fizesse as referidas adaptações.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

NOTA DE ESCLARECIMENTO (SEDUC)

Aos Professores Estaduais e à Sociedade Cearense

Durante a recente greve realizada por uma parte dos professores da rede estadual, o Governo do Estado, numa demonstração clara de sua disposição para diálogo, recebeu representantes dos grevistas por diversas vezes. Nestas, reafirmou sua disposição de, uma vez encerrada a greve, reabrir as negociações que vinha mantendo desde o início do ano em torno da revisão da carreira do Magistério. Tais negociações, interrompidas pela greve, já estão novamente em andamento. Neste constexto, o Governo do Estado acha importante prestar esclarecimentos aos professores e à sociedade sobre os principais pontos da questão.
O que é o Piso Nacional Salarial dos Professores?
É o valor mínimo que um professor deve receber, como Vencimento-Base, por uma jornada de trabalho de 40horas semanais. Este Vencimento-Base vale para os professores das
redes públicas estaduais e municipais de todo o território nacional (Ver Quadro I).
O que é Vencimento-Base?
O Salário dos professores pode ser composto por vários itens, como Vencimento-Base, gratificação por regência de classe, tempo de serviço, títulos de especialização etc. O Vencimento-Base é o “salário puro”, sem qualquer outro adicional, vantagem ou gratificação que componha a remuneração final do professor.

3) E qual é o valor do Piso ou Vencimento-Base?
O valor do Piso Nacional Salarial é de 1.187,00 (Ver quadro II)

4) Os professores estaduais do Ceará recebem este Piso?
SIM, TODOS. Na rede estadual do Ceará, nenhum professor recebe menos do que o Piso como Vencimento-Base. Antes da decisão do STF sobre a Lei do Piso, que é de 24 de agosto
passado, só havia 132 dos 26.091 professores ativos da rede estadual que recebiam abaixo deste valor. Por isso, já em setembro o Governo mandou pra Assembleia a proposta de
Lei que garante o Piso para estes professores. Desde outubro, também estes professores recebem o Piso estabelecido em Lei (R$ 1.187,00) mais a gratificação por Regência de Classe
(R$ 118,70).

5) Por que 132 professores recebiam menos que o Piso?
Porque eles são os últimos representantes de um segmento em extinção na rede estadual, o dos professores que não têm curso superior e possuem uma tabela própria de remuneração. São remanescentes de uma situação antiga, já que desde 1998 o Estado do Ceará só contrata professores com nível superior - e todos estes, que representam 98,64% do total, já recebem bem mais do que o Piso.

6) Qual é o salário recebido pelos professores do Ceará?
Depende de uma série de fatores como tempo de serviço, títulos de especialização, mestrado e doutorado, por exemplo. O salário médio da rede estadual é de R$ 2.608,95, mais do que o dobro do Piso. E pelo menos 30% dos ativos ganham no mínimo R$ 3.002,71

7) O Governo do Ceará é contra ou a favor do Piso?
A FAVOR, TOTALMENTE. A lei representa um avanço porque foi pensada para proteger e
melhorar, sobretudo, a condição dos professores municipais, que representam a maioria da categoria em todo o país e que, de modo geral, recebiam menos do que o Piso.

8) Se o Governo é a favor e já paga o Piso Salarial,
por que, então, ocorreu a greve?
Foi difundida entre os professores de todo o Brasil a expectativa de que o aumento dado aos que recebiam menos do que o Piso deveria ser dado também, igualmente, a todos os professores de todas as faixas salariais. Este tipo de repercussão com o valor oficial do Piso provocaria um efeito cascata (repercussão do Piso na carreira) que
representaria um aumento de aproximadamente 47,70% ou R$ 39.164.020,80 no valor de uma FOLHA MENSAL de pagamento dos professores. Neste caso, a Folha dos Professores passaria dos atuais R$ 82.094.463,95 para R$ 122.258.484,75 POR MÊS.
Ainda que não esteja obrigado, nem pela Lei do Piso nem pela recente manifestação do Supremo Tribunal Federal, a adotar este efeito cascata, o Governo do Ceará está comprometido com o aumento real de salários para TODOS os níveis da carreira do Magistério.

O Governo do Ceará é também solidário à causa pela elevação do gasto público com Educação para 10% do PIB nacional.
Greves de professores com o mesmo objetivo da que ocorreu no Ceará aconteceram em mais 18 estados e em muitos municípios do país. Nenhuma dessas greves teve como resultado a implantação do efeito cascata mencionado acima.


9) O Governo tem dinheiro para obras, como construção de escolas, hospitais, estradas e a reforma do Castelão, por exemplo. Por que não tem dinheiro também para aumentar o salário dos professores naquela proporção?

Porque o dinheiro para as obra vem de fontes que geralmente não permitem seu uso para o pagamento de salários. O Governo tem três tipos diferentes de despesas: Folha de
Pagamento, Custeio e Investimentos. A Folha de Pagamento consiste nos salários e obrigações sociais decorrentes, como Previdência Estadual, INSS etc. Como são obrigações definitivas e permanentes, só podem ser cobertas por fontes de recursos garantidas e permanentes, que são os impostos pagos pelos contribuintes. O Custeio é representado todas as despesas de manutenção: luz, água, gás, telefone, materiais, combustíveis, aluguéis e outros gastos necessários para manter os serviços funcionando. E Investimentos são as novas iniciativas: novas escolas, novos hospitais, novas creches, novas estradas, novas habitações, saneamento e outros equipamentos, como o Centro de Eventos, o Metrô e a reforma do Castelão, por exemplo. Além disso, há as despesas com aquisição de equipamentos e insumos necessários à prestação dos serviços públicos, como computadores, laboratórios, bibliotecas etc. As despesas de Custeio de Folha de Pagamento devem ser cobertas com a receita dos Impostos Estaduais arrecadados regularmente. Já os novos investimentos podem e são feitos com transferências da União, convênios a fundo perdido, financiamentos de órgãos internacionais, empréstimos, concessões e parcerias com o setor privado, por exemplo. A legislação proíbe que se use o dinheiro de um financiamento ou de uma transferência feitos para a construção de escolas, por exemplo, no pagamento de salários. É por isso que o Governo pode fazer obras e, ao mesmo tempo, ter limitações orçamentárias para aumentar muito os salários. Além disso a Lei de Responsabilidade Fiscal impõe limites aos gastos com o Pessoal.

10) Como ficará, então, a situação dos professores estaduais?
O Governo já retomou as negociações com o Sindicato dos Professores depois que a greve acabou. Nestas reuniões, o que se busca é encontrar formas e recursos do Orçamento
que permitam uma melhora consistente e sustentável dos salários de TODOS os professores. Nos últimos cinco anos, a Educação tem sido uma prioridade real e verdadeira do Governo do Estado. Neste período, o orçamento do setor aumentou em aproximadamente 70% passando de R$ 1.550.873.561,18, que representou 27,47% das receitas em 2006, para R$ 2.619.060.798,26, o que representou 29,55% em 2010; os professores receberam aumento médio real, acima da inflação, de 23,64%; os professores temporários tiveram seu
salário equiparado aos concursados; foram contratados mais 3.453 novos professores por concurso público, e a Folha de Pagamento do Magistério aumentou em 84,30%, passando de 392.671.352,80 milhões em 2006 para 723.680.747,10 milhões em 2011.

É importante registrar alguns pontos importantes da pauta sindical que foram atendidos ao longo destes 4 anos e 10 meses, evidenciando a relação diferenciada que este Governo
mantém com a Categoria e suas reivindicações:

- QUATRO progressões especiais para 100% dos professores aptos, referentes aos anos de 2007 a 2010, com repercussão salarial de até 20%. Até então, desde a implementação da Lei
da Carreira do Magistério, em 1993, os professores só haviam recebido UMA progressão;

- Vale-alimentação no valor mensal de R$ 200,00;

- Política de formação em serviço que valoriza os saberes e experiências dos professores que têm, reconhecidamente, boas práticas, através do Programa Professor Aprendiz;

- Prêmio Aprender pra Valer, que reconhece através de gratificação financeira o trabalho dos profissionais da Educação em atividade nas escolas que alcançarem as metas anuais de evolução de aprendizagem dos alunos do Ensino Médio;

- Liberação da função docente, em até dois anos, para cursar mestrado ou doutorado, sem prejuízo de sua remuneração integral;

- Atendimento à solicitação para apoio financeiro ao professor na aquisição de computador;
-Aposentadoria efetivada em até 90 dias;


Além disso, a vigorosa melhoria das condições de trabalho em todas as áreas: reforma e construção de novas escolas, incremento de laboratórios de ciências e informática, construção de ginásios esportivos, aquisição de acervos bibliográficos e equipamentos, novas regras de lotação para dar mais condição às escolas de apoiar os professores, entre outros.

O Governo do Estado reafirma seu forte compromisso com a Educação pública de qualidade, demonstrado na prática também pelo aumento expressivo da parcela do Orçamento Estadual dedicada ao setor, que hoje é de 29,55% de tudo o que o Governo arrecada com os impostos dos contribuintes.
Esta prioridade também tem-se materializado com a introdução de novos mecanismos de incentivo e avaliação dos alunos, como o Programa de Alfabetização na Idade Certa (PAIC), que envolve professores do Ensino Básico, tanto da rede estadual quanto dos municípios, e cujo esforço conjunto tem levado os alunos do Ceará a progressos expressivos, que irão se refletir fortemente no nível de preparação destes alunos para a vida. Os alunos do Ensino Médio do Ceará, igualmente, têm se destacado e conquistado, pela primeira vez, os melhores resultados de todo o Nordeste em diversas avaliações externas de desempenho. A implementação da rede de Escolas Estaduais de Educação Profissional em tempo integral é uma outra ação prioritária que busca garantir oportunidade de formação técnica para a juventude. além da boa formação no Ensino Médio. Hoje já são 24.938 alunos em 80 novas escolas. Até o final de 2014 o Ceará terá 120 unidades dessas escolas. Antes de 2007 não havia nenhuma.

É intenção do Governo do Estado continuar dialogando com o Sindicato dos Professores de maneira permanente e construtiva para viabilizar, de forma responsável e compatível com a realidade financeira do Ceará, a maior quantidade de benefícios, melhorias e incentivos salariais para todos os professores da rede estadual.

Fortaleza, 30 de outubro de 2011.

PROJETO CARTILHA DE PRIMEIROS SOCORROS

No dia 01 de novembro houveram as apresentações dos trabalhos selecionados para a V Feira Regional de Ciências e Cultura da 3ª Crede, em Acaraú, Ceará. A EEEP Júlio França foi representada, na categoria de Tecnologia Profissional, pelo projeto “Cartilha de primeiros socorros: capacitando adolescentes ao atendimento pré-hospitalar”, tendo como apresentadores os alunos Maciel Max Rios Vasconcelos e Tamires Maria Silveira, sob orientação da Professora Arilene Moreira Lins de Alexandria.

O projeto foi avaliado por três jurados, que compunham a comissão julgadora do evento, os mesmos relataram que o trabalho se tratava de uma iniciativa com relevância inquestionável, elogiaram a postura e desenvoltura dos apresentadores e ressaltaram a qualidade do estudo.

Ao final do evento os participantes do projeto receberam a premiação de primeiro colocado na categoria Tecnologia Profissional, e foram classificados para participar da a V Feira Estadual de Ciências e Cultura a ser realizada no mês de dezembro.

Twitter Facebook Diretor de Turma Rumo à Universidade Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Sweet Tomatoes Printable Coupons
Downloaded from Free Website Templates